Se você acompanha o nosso blog, com certeza você já sabe que o conforto e o estilo irão dominar as tendências do verão 20/21. Mais do que uma questão de estilo, este verão terá uma busca enorme por peças que tragam conforto e que transmitam aconchego e segurança (falamos sobre isto em nosso último post, […]

Saiba mais →

Hoje já popularizado no guarda-roupa masculino e feminino, o sapato Oxford pode ser encontrado pelas ruas durante todo o ano, em diferentes cores, saltos e modelos. É um tipo de calçado que transmite confiança e sofisticação com muita facilidade, mas você sabe como combiná-lo? Neste post daremos várias dicas sobre como usar o sapato Oxford […]

Saiba mais →

Com uma pegada rústica, o mocassim feminino é visto como um curinga que pode ser usado em diversas ocasiões, trazendo originalidade e conforto para qualquer look. Criado há vários séculos exclusivamente para o closet masculino, o mocassim foi popularizado especialmente por Michael Jackson nos anos 1980, quando também dominou os looks femininos em todo o […]

Saiba mais →

O Brasil é um país peculiar onde as estações não são muito bem definidas e isso tem suas vantagens, já que podemos usar muitas roupas e calçados ao longo de todo o ano. O problema é que algumas vezes ficamos perdidos sem saber qual sapato usar quando não está nem quente, nem frio, e ainda […]

Saiba mais →

Na publicação da semana passada, nós falamos aqui no blog da ARZON sobre como organizar suas bolsas . Como o post fez muito sucesso, e várias de vocês nos pediram dicas sobre como organizar calçados, hoje nós listamos aqui, as 10 melhores formas de organizar seus sapatos. Assim como as roupas ou bolsas, manter os […]

Saiba mais →

A primeira semana de quarentena geralmente é ótima. Tudo é novidade! Poder ficar em casa, maratonar séries na Netflix, curtir a família, trabalhar de pantufa e pijama… enfim. Mas aos poucos precisamos retomar uma rotina para que as coisas funcionem, inclusive na nossa mente, adquirindo o hábito de fazer um home office confortável e com […]

Saiba mais →